Não é nada difícil encontrarmos pelo caminho a falta de segurança no transporte de crianças na moto e até mesmo na bicicleta, basta sair e procurar pelas ruas.

Talvez, a maioria da população desconheça que o transporte de crianças em quaisquer tipo de veículos duas rodas como motos, bicicletas, motonetas, e bicicletas motorizadas conhecidas como ciclomotores, devem estar dentro da lei conforme consta no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) Inciso V, do Artigo 244.

O Código de Trânsito é bem claro, e diz que somente crianças a partir de 7 anos é que podem ser transportadas em veículos de duas rodas, pois, tem condições de cuidar da própria segurança, na verdade significa que conseguem apoiar os pés inteiros nas pedaleiras da moto.

Fonte: www.mn1.com.br acessado em 2017 ” Algumas provas que o Brasil aceitava tudo nos anos 80 e 90 ”

O problema da altura é um assunto que preocupa, por isso, existe um projeto de lei para elevar a idade mínima no transporte de crianças na moto de 7 para 11 anos, justamente pensando na segurança da criança, pois, no caso de não alcançar totalmente os pedais, os pés podem enroscar facilmente na roda, provocando lesões, e até acidentes graves.

É bom salientar que a criança pode andar na moto somente na garupa a partir de 7 anos de idade, mesmo assim, desde que consiga apoiar os dois pés inteiros nos pedais, senão, o condutor é multado da mesma forma com uma infração Gravíssima, 7 pontos na carteira, multa de R$ 293,47, e o veículo ainda, pode ficar retido.

Veja também a tabela de infrações de trânsito.

Claro, que embora transporte uma criança na moto, dentro das normas de segurança como a idade acima de 7 anos e alcance os pedais com facilidade, o motociclista pode ser multado do mesmo jeito, caso ela esteja doente, seja portadora de alguma deficiência, ou, esteja com braço ou perna engessada, e a multa também será considerada gravíssima.

Fonte: www.osul.com.br acessado em 20/04/2017 ” Vídeo flagra criança dormindo na garupa de uma moto em movimento ”

Para garantir a segurança das crianças e, prevenir outras multas, além de seguir as normas do Código de Trânsito Brasileiro, é obrigatório a utilização de um capacete bem firme na cabeça e que seja de acordo com seu tamanho e idade, e também devem permanecer o tempo inteiro com a viseira abaixada, ou, estar com óculos de proteção, tudo para protegê-los, caso aconteça algum acidente.

Os capacetes feitos para crianças assim, como para adultos, também devem ter o selo do INMETRO, que garante a procedência, testes de qualidade e durabilidade do produto, e embora a maioria tem data de validade, caso note rachaduras, fissuras estranhas, ou, falta de enchimento interno da peça, é sinal que precisa ser substituído por um novo.

Fonte: www.revistamundomoto.com.br acessado em 20/04/2017 ” Com qual idade a criança pode ser garupa? ”

Segurança no transporte de crianças na bicicleta

Já para o transporte de crianças na bicicleta, não existe idade mínima, somente deve haver o bom senso do ciclista, e levar a criança sentada na cadeirinha própria que pode ser encontrada nas lojas de equipamentos e acessórios para ciclistas, e fique atento, porque preços diferentes, indicam que são para idades diferentes.

 

O INMETRO não valida as cadeirinhas, que já vem com cinto de segurança preso, além de ter uma presilha indicada para prender os pés da criança na bicicleta para evitar acidentes, e podem ser transportadas atrás do ciclista, ou, na parte da frente, ideal para os pequenos de até 15 kg que podem até dormir, sempre encostados num travesseiro macio.

Interessante frisar que o Código de Trânsito Brasileiro Artigo 244, Parágrafo 1°, proíbe o transporte de crianças fora da garupa ou das cadeirinhas especiais que são ideais para o transporte dos mais novinhos, assim como de qualquer outro passageiro inclusive adultos, quer dizer que transportar algum adulto sentado no cano da bike é proibido por lei e também passível de multas.

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da Hulk Equipamentos Automotivos Ltda ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual ou certificado de garantia.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Palavra de Segurança *

Publicações Recentes

Qual é a moto ideal?

Em diversas cidades do país, as motos invadem as ruas cada vez mais, e a prova disso, é que somente em 2015 foram vendidas cerca de 1 milhão e duzentas mil motos novas. Para quem …

ler mais

Você prefere ser o que ?

Uma frase um tanto interessante de Willian Shakespeare, no qual ele prefere ser rei do sei silêncio, ou seja viver uma vida de liberdade e vontades para realizar projetos de vida sem se …

ler mais

O primeiro Triple Backflip do mundo

Josh Sheehan entrou nos livros de história ao lado de pessoas como Evel Knievel, com o primeiro triplo backflip do mundo em uma motocicleta. Após mais de um ano de preparação, a manobra foi realizada em 28 de abril de 2016, em Pastranaland. Fonte: canal Nitro...

ler mais

As 10 motos mais roubadas no Brasil

O índice entre roubo de carros e motos anda tão em alto pelo país, que pode até ser comparado com o índice da falta de empregos, portanto, antes de comprar uma moto e não ficar no prejuízo, verifique se …

ler mais